miércoles, 26 de abril de 2017

CARTEL 25. Brasil: Curitiba- Paraná; Josiane Maria Krauze da Silva, Cibele Pegas Thieme Bahr e Flaviana da Fonseca Henequi















































.....................................................

https://youtu.be/lH4bX1XoZG4

Nombre del ARTEspacio: A Arte Representando a Natureza.
A Ação Humana para a Preservação do Planeta Terra, Uma Poética Artística.
Centro educativo: Escola Municipal São Miguel – Ensino Fundamental, Localidad: Rua Antonio Reinaldo Zanon, 175. Curitiba, Estado do Paraná, Brasil. Creador@s: docentes de disciplina del Arte: Josiane Maria Krauze da Silva, Cibele Pegas Thieme Bahr e Flaviana da Fonseca Henequi y participación de estudiantes do 8º e 9º año del Enseñanza fundamental. Email de contacto: josianekrauze@gmail.com, cibelebahr@gmail.com, flavianartes@gmail.com Resumo: O espaço da arte no ambiente escolar das instituições de ensino brasileiras, requer maior sistematização para promover aos jovens possibilidades de autoconhecimento e do conhecimento da produção cultural existente, para que como agentes criativos sejam capazes de transmitir mensagens estéticas e transformadoras do mundo real. Mensagens que levem à análise, reflexão e consciência poética da realidade, sobre o ambiente em que vivem. Por meio da Arte, podem e devem representá-lo, preservá-lo para si e para a vida das futuras gerações. Este projeto propôs a construção coletiva de uma instalação intitulada: A Arte Representando a Natureza/ A Ação Humana para a Preservação do Planeta Terra, Uma Poética Artística. O processo ocorreu na periferia do Município de Curitiba/PR/Brasil, orientado pelas professoras da disciplina de Arte, iniciando com leituras das imagens das obras de artistas que representaram a natureza ou sua preservação, como as pinturas de Aldemir Martins, as fotografias de Sebastião Salgado e as instalações de Franz Krajceberg. Realizou-se análise crítica de vídeo de animação sobre as mudanças climáticas, estudo de textos e do livro didático, debate com os alunos sobre a questão ambiental e a produção criativa de origami de animais em extinção sobre a composição de um plano de fundo. Após, foi construído um espaço de arte interativo no pátio da escola, por meio de uma instalação expositiva, permeada de conceitos sobre arte em forma de poesia concreta, sendo as produções dos alunos a chamada de atenção também para interação com toda a comunidade escolar (público). Foram reciclados galhos de árvores urbanas podadas pela Companhia de Luz Elétrica do Paraná, como elementos integrados ao ambiente expositivo, que busca sensibilizar o público que interage com a obra. Este projeto veio proporcionar um recorte no tempo para a ação e criação de um espaço da arte no pátio da instituição de ensino, onde circulam alunos e comunidade escolar, pois não conta com sala de arte específica. Fontes: 1- Leitura de imagens artísticas: instalação na 32ª Bienal de São Paulo, 2016, de Frans Krajcberg (Kozienice, Polônia, 1921); obra Gênesis (fotografia) de Sebastião Ribeiro Salgado (Aimorés, MG, 1944) e a obra Gato Rajado (pintura) da série Gatos, 1994 de Aldemir Martins (Ingazeiras CE 1922 - São Paulo SP 2006). 2 Animação: Mostra como Hábitos Diários Contribuem para as Mudanças Climáticas de Enrique Garcia e Ruben Salazar. 3. Livro Didático: FERRARI, Solange dos Santos Utuari...[et al.]. Por Toda Parte.1ª ed. -São Paulo: FTD, 2015.


A expressão artística é inerente ao ser humano e desenvolve várias áreas do cérebro, que estão relacionadas às outras disciplinas do currículo: Geometria, Língua Portuguesa, Geografia, História, Filosofia, Sociologia, Ciências, Outras Línguas, Tecnologia, Matemática, Educação Física, entre outras.

No hay comentarios:

Publicar un comentario